Bem Vindo, visitante! [ Registe-se | EntrarFeed de RSS

 

 

A Chefe

A Chefe

Descrição

Se você gosta de contos de lésbicas, fique a conhecer a minha aventura com uma empresária que apenas pretendia um site para o seu novo projeto, e acabou gozando na minha boca.

Eu trabalho no ramo de informatica há algum tempo e de um ano pra cá, venho me dedicando à parte de web design, o que me garante um lucro muito bom, e pelo meio vão acontecendo pequenas aventuras, e uma delas é a que vou relatar agora.

Com apenas 20 anos de idade, me tornando uma jovem empresária, fui procurar empresas que se interessassem em criar seus sites, distribui alguns cartões e liguei para alguns amigos, para que aquela noticia se espalhasse e logo surgissem trabalhos e algum retorno financeiro.

Certo dia, era manhã, eu sem nada para fazer, recebi uma ligação no meu celular, como sempre acontece o numero não me era conhecido, atendi, era uma moça muito bem educada:

-Carla?

-Sim, pode falar

-Aqui é Simone

-De onde?

– Você não me conhece, quem me indicou você foi Leandra sua amiga!

– Ah sim! Em que posso ajudar? (Já sabendo eu que se tratava de negócios)

– Quero um orçamento para fazer um site, você pode vir até ao meu escritório?

– Claro! Vou agora! Me passa o endereço?

Ela me passou, coloquei um roupa bonita para causar boa impressão, e fui até lá. Ao chegar encontrei Simone, linda, meiga, carinha de anjo e corpo de mulher, que também me olhou dos pés a cabeça e disse:

– Leandra não me disse o quanto você era linda.

– Obrigada! Sorri sem jeito e fomos tratar de negócios.

– Olha só Carla, a reforma acaba essa semana, e eu quero que você tire as fotos de cada quarto para por no site.

– Como é que é?

– Dos quartos minha querida, a empresa que eu estou inaugurando é um Motel!

Ahh ta! Respondi já molhando a calcinha de tesão. Então ta você me liga assim que tiver tudo pronto?

– Ligo sim!

– Então eu vou preparando o layout do site ok?

– Ta certo! Deixa que eu abro a porta para você voltar!

– Ta bom, dei dois beijinhos de cada lado do rosto e sai, fui correndo para casa tomar banho e bater uma siririca pensando nela. Minha buceta tava encharcada, me masturbei gostoso. Mas parece que alguém também estava pensando em mim, só deu tempo eu gozar, meu celular tocou! Meu coração deu até aquele choque quando vi que era ela.

– Oi, falei ainda ofegante.

– Carla eu sei que não estar no nosso contrato, mais desde que cheguei aqui na cidade que não sai de casa ainda, só trabalhando, você é muito jovem deve conhecer uns lugares bem legal, para se visitar a noite será que você podia dar uma volta comigo?

– Claro que sim, então te pego as 20h?

– 20h ta ótimo!

Quando chegou a noite, já toda produzida, escutei uma buzina, era minha Deusa! E como tava linda, entrei no carro e fomos dar uma volta enquanto conversávamos, ela me disse que tinha se separado há pouco tempo e que vendeu as suas coisas na cidade onde morava e ia reconstruir aqui. Paramos num barzinho e tomamos algumas bebidas, ficamos um pouco altas, mas estávamos lúcidas e conscientes do que estávamos fazendo, e por baixo da mesa as minhas pernas tocavam as dela e vice e versa e aquele jogo de sedução estava me levando à loucura!

Já estava muito excitada e não aguentava mais sentir ela me tocar, ela já estava mais saídinha e me perguntou se já tinha ficado com uma mulher antes? Respondi que sim, o que a fez suspirar bastante forte e ficar parada por alguns minutos, até que perguntei e você?

– Sim, é muito gostoso não é?

Eu já não sabia se aquelas palavras entravam pelos meus ouvidos, ou se pela minhas pernas, por que cada palavra que ela falava, mais eu ficava molhada.

– Posso te confessar uma coisa? Tou ficando excitada com essa nossa conversa!

– É! e é melhor a gente ir andando, que ta ficando tarde!

Saímos de lá e ela me chamou para dormir na casa dela, embora tivesse morrendo de vontade, não podia, minha mãe não gosta que durma fora. Ao chegarmos, ela encostou o carro, passou a mão por minhas pernas e disse:

– Você é muito gostosa! Daria tudo pra ter você na minha cama e me deu um selinho.

Saí daquele carro flutuando. Parecia amor à primeira vista, tesão à primeira vista. Me masturbei mais 4 vezes naquela noite, não parava de pensar nela. Isso foi numa terça feira, ela não ligou para mim na quarta, nem na quinta, nem na sexta, e eu trabalhando no seu site, pensei em esquecer tudo que tinha acontecido, até que no sábado ela me ligou:

– Bom Dia! Sabe quem é?

– Claro! Pensei que tivesse me esquecido!

– Nunca! Deixa eu te dar uma novidade?

– Hum… Fala!

– A reforma ta Pronta! A inauguração é hoje, se arruma que eu vou te pegar pra gente bater as fotos dos quartos.

– Ok!

Vesti um pretinho básico, com uma calcinha super sexy, afinal eu não sabia o que me esperava. Ela veio me buscar e fomos, era um motel enorme que tinha fechado há algum tempo, que ela comprou e reformou e ia fazer a reinauguração, os quartos estavam lindos, inpecáveis, cada suite mais linda que a outra. Entramos na suite Árabe e comecei a tirar as fotos, tirava e anotava tudo que tinha tipo: hidro, pole dance, dvd, tela de plasma, essas coisas, de acordo com cada suite. Ainda na Árabe, eu batia as fotos e prestava atenção em cada detalhe, ela interfonou e pediu que mandassem uma dose dupla de wiskhy. Perguntou se eu queria, respondi que não! Tava trabalhando não ia beber.

A dose dela chegou e fomos para outra suite, em cada suite que passávamos ela soltava uma gracinha e eu já estava totalmente excitada com tudo aquilo, num motel, com uma mulher linda, me dando a maior bola e eu dando uma de difícil, até que chegamos numa suite que tinha pole dance e ela perguntou se eu gostava de dançar. Disse que sim mais que nunca tinha dançado num treco daquele, ela disse que me ensinava, me levou até lá e fazia os movimentos por traz de mim descendo as mão na minhas pernas, na minha bunda e eu sabia que aquilo não tava na aula, minha buceta tava húmida, tava louca pra ser penetrada.

Eu ofegava e mostrava tesão, enquanto ela sussurrava no meu ouvido coisas do tipo: ta aprendendo direitinho… dança pra mim vai? Rebola gostosinho, que corpo delicioso que você tem. Cada vez que passava a mão em mim, mais subia meu vestido. Não aguentei e gozei, virei-me pra ela e ela percebendo me beijou loucamente. Me guiou até a cama, subiu meu vestido, afastou minha calcinha para o lado e me penetrou com dois dedos de uma só vez, o que me levou à loucura.

Ela mexia os dedos dentro de mim e eu gemia de prazer. Ela sussurrava no meu ouvido, o quanto eu era gostosa, o quanto tava excitada, que tinha se masturbado pensando em mim, e eu falava que também tinha me masturbado pensando nela. Nessa hora ela soltou um grito e gozamos juntas. Tirei sua calça, deitei-a na cama e subi por cima dela e comecei a beijar cada parte daquele corpo delicioso, tirei sua calcinha e inundei minha boca com seu melzinho delicioso que tava molhando toda calcinha. Chupei e chupei até ela gozar mais uma vez pra mim, subi e suguei seus seios, beijei sua boca e penetrei ela com meus dedos e ela gemia muito.

Ela também me tocava, foi delicioso. Ela me pôs de quatro e lambia todas minhas pernas até chegar na minha xoxota, chupava tão gostoso que gozei mais uma vez. Cada Prazer que ela me dava eu queria retribuir e vice versa, e ficamos ali até tarde, gemendo e gozando diversas vezes. Chupei e beijei cada parte daquele corpo e ela também chupou e beijou cada parte do meu corpo depois fomos tomar banho juntas. Coloquei ela de costas pra parede, me ajoelhei perto dela e chupei aquela maravilha de xaninha mais uma vez, enquanto ela gemia, uivava e pedia mais e mais.

– Você chupa muito gostosooooooco, chupa vadia vai, chupa esse caralho todinho… aiiiii que delicia!!!!!!!!

Senti seu gozo na minha boca a beijei e terminamos de tomar banho, foi a tarde mais deliciosa da minha vida. Hoje nos vemos sempre, afinal tenho que dar manutenção no site né? E a patroa é quem manda!

Fonte: Conto Erotico

ID de Referência do Conto: 30451e59d2a2ffbc

    

31881 total de visualizações, 6 hoje

  

3 Respostas para “A Chefe”

  1. eu gozei muito lendo esse conto…..

  2. Rosa vermelha em 05/06/2015 @ 02:34

    Adorei, me deu uma vontade louca de transar com uma mulher.
    Sou de Brasília,
    Se tiver alguém que esteja interessada, entre em contato.
    Rosa vermelha

  3. Deusa :3 em 13/01/2016 @ 04:49

    Pqp gozei agora e tô com os dedos na minha xota querendo que alguém meta vários dedos em mim. Que delícia de conto

Deixe o seu Comentário

Para entrar em contacto com o autro, preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem para o autor deste conto.